[ INÍCIO ]   [ Sobre o Portal ]  [ FAQs ]  [ Registar site ou blog ]  [ Enviar informações ]  [ Loja ]   [ Contactos ]

 
"Temos obrigação de salvar tudo aquilo que ainda é susceptível de ser salvo, para que os nossos netos, embora vivendo num Portugal diferente do nosso, se conservem tão Portugueses como nós e capazes de manter as suas raízes culturais mergulhadas na herança social que o passado nos legou."  (Jorge Dias)
 
 
Pub
 
Arquitectura e construções
Artesanato
Cancioneiros Populares
Danças Populares
Festas e Romarias
Grupos de Folclore
Gastronomia e Vinhos
Instrumentos musicais
Jogos Populares
Lendas
Literatura Popular
Medicina Popular
Museus Etnográficos
Música Popular
Provérbios
Religiosidade Popular
Romanceiros
Sabedoria Popular
Superstições e crendices
Trajos
Usos e Costumes
 
Agenda de iniciativas
Bibliografia temática
Ciclos
Feiras
Festivais de Folclore
Glossário
Informações Técnicas
Loja
Permutas
Pessoas
Textos e Opiniões
Turismo
 
SUGESTÕES
Calendário agrícola
Confrarias
Datas comemorativas
Feriados Municipais
História do Calendário
Meses do ano
Províncias de Portugal
 
 

Pub  
   
»» Usos, Costumes e Tradições Pub
Pub

Entende-se por tradições o conjunto de conhecimentos populares, hábitos, usos e costumes que distinguem determinada comunidade. Esses e outros dados que formam o conjunto são o resultado de longa vivência e um certo gosto por aquilo que se herdou dos antepassados e se transmitem, de geração em geração, aos vindouros. Cada um dos períodos de tempo que por eles foram passando proporcionou influências e transformações próprias de uma linha evolutiva sem que se deixem de observar, com nitidez, as raízes da cultura desse conjunto. É a este conjunto de informações que se atribui o nome de tradição.
Fonte

 

 



»» Usos, Costumes e Tradições de Trás-os-Montes e Alto Douro

»» Usos, Costumes e Tradições do Minho

»» Usos, Costumes e Tradições da Beira Alta

 
»» Profissões antigas
Registro de algumas das profissões ou ocupações que existiam, antigamente, de Norte a Sul de Portugal, particularmente nas nossas aldeias, e que, por força do "mudam-se os tempos, mudam-se as vontades...", da evolução tecnológica e científica, da qualidade de vida das populações, etc., deixaram de existir ou estão a entrar num inexorável processo de extinção, mas que importa preservar, recordar e legar às gerações vindouras, porque muitas delas fazem, efectivamente, fazem parte integrante da cultura popular do nosso país.


Usos, Costumes e Tradições da Beira Baixa

»» "Cantar os Martírios"
A origem religiosa centra-se sobretudo na temática e nas circunstâncias. O “Cantar os Martírios” é um ritual que, para lá da memória dos que ainda são vivos, era cumprido pelo povo, durante a Quaresma.


Usos, Costumes e Tradições da Estremadura

»» Pregões Saloios
Não vai muito longe o tempo em que Lisboa acordava, logo após as primeiras luzes da aurora, ao som do vozerio dos saloios apregoando por toda a cidade os bens essenciais trazidos do Termo com que nutriam as gentes da cidade.
Dr. Vitor Manuel Adrião

»» Breve glossário de termos saloios acerca de:
     - astros e fenómenos atmosféricos
     - superstições e crenças


Usos, Costumes e Tradições do Ribatejo

»» Vale da Pinta
»» Anunciando a consoada, os rapazes percorrem as ruas de Vale da Pinta tocando vários chocalhos, tradição datada de longos anos.


Usos, Costumes e Tradições dos Açores

»» Carnaval nos Açores
O Carnaval nos Açores é um misto de entrudo, bailes, marchas, danças e bailinhos.
Em São Miguel os tradicionais bailes no Coliseu Micaelense, duram há muitas dezenas de anos, com milhares de pessoas vestidas de smoking, dançando até às tantas. E assim é à dimensão de outros concelhos no resto da ilha.

»» Romeiros de S. Miguel
A tradição romeira remonta aos tempos medievais quando era comum os fiéis visitarem os lugares sacros da Cristandade como acto de contrição pelos seus pecados e agradecimento pelas graças recebidas do Alto. Dois dos mais conhecidos e frequentados santuários da Europa Ocidental eram Cantuária na Inglaterra, peregrinação consagrada nos Contos de Cantuária de Geoffrey Chaucer, e Santiago de Compostela na Galícia. Nessa época, todos os caminhos acabavam em Santiago, repositório das tão afamadas e milagrosas relíquias do Apóstolo Tiago.

»» Romeiros de Sta Cruz de Toronto - S. Miguel - 2007 (vídeo e informações)


Usos, Costumes e Tradições do Alentejo

»» A Cortiça e a Machada de Montargil
Em apontamento anterior, referimos que de vários pontos do país aqui procuravam, pela sua qualidade de fabrico, as “machadas” para tirar cortiça. No entanto, e a exemplo de outras artes e ofícios, hoje apenas aqui existe uma loja de ferreiro e trabalhando em especial na construção civil. A loja dos “Labécos” fechou, mas com o Manuel Carlos um dos “mestres” da mesma várias vezes temos falado, e aqui deixamos um extracto duma das conversas.

»» A Arte de tirar cortiça
Para muitos, o “trabalho de campo”é uma actividade reservada aos de menor capacidade intelectual e inferir posição social, ignorando que nalgumas situações se trata mesmo de uma ciência - não o será, por exemplo, o “enxertar”? - e não raras vezes uma arte, como é o caso de “ retirar cortiça à mão”.

»» A Capeia Arraiana
As gentes da região raiana, têm uma estima e um carinho excepcional em relação à capeia, não só porque é uma variante única da tourada tradicional (que só se pratica nesta zona do país), como também porque enobrece e exalta o orgulho de ser arraiano. Como me confessou um senhor natural dos Fóios. A capeia está para os Fóios e para a raia em geral, como as festas de S. João e de S. Pedro para Lisboa".


Usos, Costumes e Tradições da Madeira

»» Festa dos Compadres


Usos, Costumes e Tradições - Diversos

»» O Ciclo Natalício
Sérgio Fonseca

»» Janeiras... Janeiras
João Ferreira

»» Diabos â solta (com vídeos)
Festejos de Carnaval de raiz popular

Enviar informações sobre este assunto >>>>>

  Gosta da página? Partilhe!

Pub

  300 x 250 Shopping      

        

Se não encontrou nesta página o que procurava, pesquise em todo o Portal do Folclore Português
 



Acompanhe, em primeira mão as actualizações do Portal do Folclore Português:

FOLCLORE DE PORTUGAL - O Portal do Folclore e da Cultura Popular Portuguesa não se responsabiliza pelo conteúdo dos sítios registados
© Copyrigth 2000/2013  - Todos os direitos de cópia reservados - Webmaster