[ INÍCIO ]   [ Sobre o Portal ]  [ FAQs ]  [ Registar site ou blog ]  [ Enviar informações ]  [ Loja ]   [ Contactos ]

 
"Temos obrigação de salvar tudo aquilo que ainda é susceptível de ser salvo, para que os nossos netos, embora vivendo num Portugal diferente do nosso, se conservem tão Portugueses como nós e capazes de manter as suas raízes culturais mergulhadas na herança social que o passado nos legou."  (Jorge Dias)
 
 
Pub
 
Arquitectura e construções
Artesanato
Cancioneiros Populares
Danças Populares
Festas e Romarias
Grupos de Folclore
Gastronomia e Vinhos
Instrumentos musicais
Jogos Populares
Lendas
Literatura Popular
Medicina Popular
Museus Etnográficos
Música Popular
Provérbios
Religiosidade Popular
Romanceiros
Sabedoria Popular
Superstições e crendices
Trajos
Usos e Costumes
 
Agenda de iniciativas
Bibliografia temática
Ciclos
Feiras
Festivais de Folclore
Glossário
Informações Técnicas
Loja
Permutas
Pessoas
Textos e Opiniões
Turismo
 
SUGESTÕES
Calendário agrícola
Confrarias
Datas comemorativas
Feriados Municipais
História do Calendário
Meses do ano
Províncias de Portugal
 
 

Pub  
   
»» Trajes - O Trajo Regional em Portugal Pub
Pub TRAJOS DE TRABALHO (Ida para o mar)
Póvoa do Varzim. S
éculo XX.
 
 

 

Trajo masculino
Camisa, colete de lanchão, calças e ceroulas
Acessórios: catalão, lampião e saco

Camisa de tecido de lã aos quadros, de corte vulgar. Colete de lanchão de pano-cru, (encascado), ajustado na frente com atilhos feitos de fio de pesca, Calças de branqueta preta e ceroulas de quartos de tecido de lã axadrezado, apertadas com nastros nos tornozelos. Na cabeça, catalão preto e pés descalços. Transporta um lampião e apetrechos de pesca.

Trajo feminino
Camisa, colete e saia
Acessórios: lenços, listão, redes e cesto

Camisa branca de algodão de corte tradicional, colete de pano berre (tecido vermelho de lã), ajustado na frente com cordão. Saia de lã (castorina) com quadrados brancos e pretos na frente e na orla; atrás e aos lados outro tecido; pregueada na cintura com macho na frente, soerguida com listão (cordão) colorido. Lenço de algodão estampado, cruzado no peito e lenço de lã cachené atado atrás. Anda descalça.

Trajo de rapaz
Camisa e calças
Acessórios: boina e vertedores

Camisa de tecido de lã aos quadrados de corte vulgar. Calças de tecido preto de lã. Na cabeça, boina preta. Segura na mão dois vertedores.

Trajos de trabalho, onde os tecidos de lã têm uma grande predominância, quer como agasalho do corpo, quer como resistência à corrosão do sal da água. Como protecção suplementar, o pescador veste o colete de lanchão, tecido impregnado com casca de salgueiro, forrado de castorina, e protege a cabeça com o catalão de lã. A boina usada pelo rapaz é de origem espanhola, e substitui o catalão no resguardo da cabeça.

No trajo feminino, os tecidos de lã são também os preferidos para o colete e para a saia. Esta tem a particularidade de ter dois tecidos diferentes, devido ao desgaste desigual entre a frente e a parte de trás. Embora caiba ao homem ir ao mar, a sua companheira não se furta a ajudá-lo no transporte dos aprestes da faina, carregando os mantimentos e as redes, e aguardando depois na praia pelo seu regresso.

Voltar para Menu de "O Trajo Regional em Portugal"
 

Informações retiradas de "O Trajo Regional em Portugal" - Tomás Ribas
  Gosta da página? Partilhe!
Também poderá gostar de conhecer...
»» Trajos tradicionais: peças, calçado e adereços - O lenço da cabeça
»» Vestuário dos Terceirenses
Judite Galles, aluna da Faculdade de Letras de Lisboa, 4 de Julho de 1916
»» Vestes Tradicionais da Madeira
Extracto de um estudo de um aluno da Faculdade de Letras de Lisboa, 30 de Junho de 1916
»» Indumentária característica madeirense: camponesa e componês
Artigo n'O Século, 23 de Junho de 1901
»» Traje dos estudantes do Liceu - a batina

 

Pub

     

        

Se não encontrou nesta página o que procurava, pesquise em todo o Portal do Folclore Português
 



Acompanhe, em primeira mão as actualizações do Portal do Folclore Português:

FOLCLORE DE PORTUGAL - O Portal do Folclore e da Cultura Popular Portuguesa não se responsabiliza pelo conteúdo dos sítios registados
© Copyrigth 2000/2014  - Todos os direitos de cópia reservados - Webmaster