[ INÍCIO ]   [ Sobre o Portal ]  [ FAQs ]  [ Registar site ou blog ]  [ Enviar informações ]  [ Loja ]   [ Contactos ]

 
"Temos obrigação de salvar tudo aquilo que ainda é susceptível de ser salvo, para que os nossos netos, embora vivendo num Portugal diferente do nosso, se conservem tão Portugueses como nós e capazes de manter as suas raízes culturais mergulhadas na herança social que o passado nos legou."  (Jorge Dias)
 
 
 
Arquitectura e construções
Artesanato
Cancioneiros Populares
Danças Populares
Festas e Romarias
Grupos de Folclore
Gastronomia e Vinhos
Instrumentos musicais
Jogos Populares
Lendas
Literatura Popular
Medicina Popular
Museus Etnográficos
Música Popular
Provérbios
Religiosidade Popular
Romanceiros
Sabedoria Popular
Superstições e crendices
Trajos
Usos e Costumes
 
Agenda de iniciativas
Bibliografia temática
Ciclos
Feiras
Festivais de Folclore
Glossário
Informações Técnicas
Loja
Permutas
Pessoas
Textos e Opiniões
Turismo
 
SUGESTÕES
Calendário agrícola
Confrarias
Datas comemorativas
Feriados Municipais
História do Calendário
Meses do ano
Províncias de Portugal
 
 

Pub  
   
»» Trajes - O Trajo Português Pub
Pub Trajos da Madeira  
  Indumentária característica madeirense: camponesa e camponês

O trajo da camponesa é muito típico, quando aparece nas festas. Na cabeça uma carapuça, saia curta de lã encarnada, com listas verticais de cores; capa de meia cintura, azul-escura, debruada de largas fitas de renda da mesma cor, posta sobre o ombro esquerdo e passando por de baixo do braço direito, indo encontrar-se as duas extremidades um pouco abaixo do peito, descobrindo uma branca camisa de linho, abotoada por grandes botões de oiro, com numerosas pregas e caindo sobre as franjas de um colete de cores, sobre o qual assentam grossos grilhões de oiro.

Usam botas brancas de canhas, debruadas com uma lista vermelha. A meia é branca e vê-se quase até ao joelho, por ser uma saia curta.

O trajar do camponês não é também menos original. Na cabeça uma carapuça, como a mulher, de forma cónica e pontiaguda, parecendo-se com um funil, feita de pano azul-ferrete. Jaqueta curta, apertada na cintura, também de pano azul, colete de seda vermelha com botões de vidro de diversas cores, camisa branca, de linho, de grandes colarinhos de bico, voltados para baixo e apertados com dois grandes botões de oiro, de cadeia. A calça é de linho branco, de pano azul ou de lã amarela, muito larga, caindo sobre uma bota branca, esmeradamente limpa a giz e sem salto.

 

Artigo n'O Século, 23 de Junho de 1901, sem assinatura

Voltar para menu do "Trajo Português">>>
 

Informações e foto retiradas de "ETNOGRAFIA PORTUGUESA" - Livro III - José Leite de Vasconcelos
  Gosta da página? Partilhe!

Pub

     

        

Se não encontrou nesta página o que procurava, pesquise em todo o Portal do Folclore Português
 



Acompanhe, em primeira mão as actualizações do Portal do Folclore Português:

FOLCLORE DE PORTUGAL - O Portal do Folclore e da Cultura Popular Portuguesa não se responsabiliza pelo conteúdo dos sítios registados
© Copyrigth 2000/2014  - Todos os direitos de cópia reservados - Webmaster