[ INÍCIO ]   [ Sobre o Portal ]  [ FAQs ]  [ Registar site ou blog ]  [ Enviar informações ]  [ Loja ]   [ Contactos ]

 
"Temos obrigação de salvar tudo aquilo que ainda é susceptível de ser salvo, para que os nossos netos, embora vivendo num Portugal diferente do nosso, se conservem tão Portugueses como nós e capazes de manter as suas raízes culturais mergulhadas na herança social que o passado nos legou."  (Jorge Dias)
 
 
Pub
 
Arquitectura e construções
Artesanato
Cancioneiros Populares
Danças Populares
Festas e Romarias
Grupos de Folclore
Gastronomia e Vinhos
Instrumentos musicais
Jogos Populares
Lendas
Literatura Popular
Medicina Popular
Museus Etnográficos
Música Popular
Provérbios
Religiosidade Popular
Romanceiros
Sabedoria Popular
Superstições e crendices
Trajos
Usos e Costumes
 
Agenda de iniciativas
Bibliografia temática
Ciclos
Feiras
Festivais de Folclore
Glossário
Informações Técnicas
Loja
Permutas
Pessoas
Textos e Opiniões
Turismo
 
SUGESTÕES
Calendário agrícola
Confrarias
Datas comemorativas
Feriados Municipais
História do Calendário
Meses do ano
Províncias de Portugal
 
 

Pub  
   
»» Sabedoria Popular Pub
Pub    
 

Não temos dúvida que há um conjunto de saberes baseados no quotidiano e respectivas experiências, na continuada observação do meio natural e percepção das grandes leis por que se rege, - um conhecimento portanto, de experiência feito e que, de geração em geração, se transmite, formando em grande parte aquilo a que se chama a tradição cultural de um povo. Dela são exemplo os remédios caseiros com que atalhar as doenças ou incómodos de menos gravidade, as ideias e observações contidas nos provérbios ou ditos populares da mais variada espécie, as previsões do tempo, e muitas outras coisas.

Não se trata, evidentemente, dum conhecimento científico e aperfeiçoado pelo estudo, mas é, de qualquer modo, um tipo de saber que não deve ser ignorado e muito menos desprezado - com a virtude de, não raro, ser exacto.

Referimo-nos apenas ao que o povo "sabe" porque o observou repetidamente e fez chegar até nós em matéria de previsão do tempo.

Fonte: Almanaque - 1984 / DGEA
 

»» Medicina Popular
A medicina popular está muito próxima da medicina tradicional do tipo erudito. Os antropólogos chamam-lhe também a medicina folk, a qual recobre praticamente os mesmos domínios: a dietética e produtos vegetais, os rituais, manipulações físicas e o religioso.
A medicina popular define-se como o conjunto de conhecimentos e crenças criados pelo povo, quer dizer, pelos profanos não profissionais, e que se opõe ao discurso erudito.
Com efeito, a cultura popular caracteriza-se pela oralidade e por vezes esta oralidade traduz mais facilmente certas adaptações locais e certas adaptações específicas à doença."

»» Provérbios
«Não foi meu intento elaborar uma paremiologia exaustiva da região transmontana e alto-duriense, mas simplesmente apresentar um conjunto de provérbios que me parecem mais representativos do substracto cultural dos nossos avoengos, essencialmente ligados à vida agrícola, à região, à família, aos amigos e à sociedade em geral.» Pe. Joaquim Ferreira

»» Superstições e Crendices
No âmbito das superstições e crendices, as rezas e benzeduras são utilizados principalmente para curar doenças e afastar os males. Para muitos, elas são mais eficazes que os remédios da “medicina científica” (por contraponto com a “medicina popular”) .
Existem benzeduras para quase tudo: cobreiro, sapão, quebranto, espinhela caída, dor de cabeça, etc., tal como há rezas com os mais diversos objectivos: para conseguir casamento, para dormir, para ser feliz, para abrandar os mais exaltados, etc.

 

»» Previsões do tempo relacionadas ...

+ com o Sol
Quando, em tempo quente, se vê o Sol nascente cobrir-se de espessas nuvens, pode esperar-se tempestade para a tarde;

+ com a Lua
Se, alargando-se, esses círculos de tornam vagamente avermelhados, anunciam ventos; se, do vermelho passam a amarelo, são indício de provável tempestade;

+ com as estrelas
Pode predizer-se tempo variável quando as estrelas aparecem mais próximas umas das outras e mais cintilantes do que de ordinário;

+ com as nuvens
Quando, em tempo sereno, as nuvens se agrupam em flocos, é sinal de bom tempo;

+ com a nebulosidade
Névoas pela manhã indicam, geralmente, bom tempo com descida de temperatura; se aparecem ao meio dia são, habitualmente, sinal de chuva;

 

»» Previsões do tempo baseadas no comportamento de animais ...

+ Aranhas
As aranhas são muito sensíveis às mudanças atmosféricas e prevêem com enorme sagacidade as suas variações. Deste modo, a experiência parece ter confirmado que haverá ...

+ Animais quadrúpedes e outros
Bois que em tempo de chuva se juntem nos pastos e se apertem uns de encontro aos outros, assinalam temporal próximo;

+ Insectos
Abelhas que pouco se afastam das colmeias ou cortiços, ou que a eles voltam em chusma indicam chuva; quando, raivosas, atacam quem delas se aproxima, sinal de tempestade;

+ Aves
Andorinhas rasando a terra ou as águas para apanhar mosquitos e outros insectos que usualmente aparecem antes das chuvas, são indício de que estas não estarão longe;

 
  Gosta da página? Partilhe!

Pub

     

        

Se não encontrou nesta página o que procurava, pesquise em todo o Portal do Folclore Português
 



Acompanhe, em primeira mão as actualizações do Portal do Folclore Português:

FOLCLORE DE PORTUGAL - O Portal do Folclore e da Cultura Popular Portuguesa não se responsabiliza pelo conteúdo dos sítios registados
© Copyrigth 2000/2014  - Todos os direitos de cópia reservados - Webmaster