[ INÍCIO ]   [ Sobre o Portal ]  [ FAQs ]  [ Registar site ou blog ]  [ Enviar informações ]  [ Loja ]   [ Contactos ]

 
"Temos obrigação de salvar tudo aquilo que ainda é susceptível de ser salvo, para que os nossos netos, embora vivendo num Portugal diferente do nosso, se conservem tão Portugueses como nós e capazes de manter as suas raízes culturais mergulhadas na herança social que o passado nos legou."  (Jorge Dias)
 
 
 
Arquitectura e construções
Artesanato
Cancioneiros Populares
Danças Populares
Festas e Romarias
Grupos de Folclore
Gastronomia e Vinhos
Instrumentos musicais
Jogos Populares
Lendas
Literatura Popular
Medicina Popular
Museus Etnográficos
Música Popular
Provérbios
Religiosidade Popular
Romanceiros
Sabedoria Popular
Superstições e crendices
Trajos
Usos e Costumes
 
Agenda de iniciativas
Bibliografia temática
Ciclos
Feiras
Festivais de Folclore
Glossário
Informações Técnicas
Loja
Permutas
Pessoas
Textos e Opiniões
Turismo
 
SUGESTÕES
Calendário agrícola
Confrarias
Datas comemorativas
Feriados Municipais
História do Calendário
Meses do ano
Províncias de Portugal
 
 

Pub  
   
»» Festas e Romarias de Portugal (1) Pub
Pub    
 

Festas e Romarias de Portugal por regiões«Que as festas e as romarias sejam o melhor de Portugal é juízo no limite indemonstrável, dependendo a sua verdade dos gostos e dos interesses de cada um. È porém certo que para numerosos habitantes de muitas aldeias, vilas e cidades do país, as festas das respectivas terras são aquilo que elas têm de melhor. (…)

As festas serão hoje para muitos dos seus participantes mais espectaculares do que no passado, no sentido em que apelam mais à contemplação do que à dissolução. Além disso, proporcionam programas mais variados, aptos a cativar o interesse de públicos diversos. (mais>>>)
João Vasconcelos In GUIA Expresso “O melhor de Portugal” – 12 – Festas, Feiras, Romarias, Rituais


Trás-os-Montes e Alto Douro
» Romaria de Nossa Senhora da Saúde
Saudel – S. Lourenço de Ribapinhão – Sabrosa
Desde tempos de que não há memória, esta Romaria realiza-se todos os anos no mês de Agosto. Tal como outras festas da região, segundo culturas e hábitos próprios, este acontecimento festivo mostra não só a fé das pessoas, nomeadamente o carinho e veneração a Nossa Senhora, mas também o lado profano característico destas gentes necessitadas das componentes de alegria e diversão aproveitadas para rever familiares e amigos.
» Romaria de Nª Sª da Pena
Mouçós - Vila Real
Todos os anos, no 2º Domingo de Setembro, a freguesia de Mouçós (Vila Real) é palco de uma manifestação religiosa quase única em todo o país! As festividades em honra de Nossa Senhora da Pena reúnem milhares de pessoas que anseiam por assistir à procissão, conhecida pelos seus andores monumentais: estes chegam a atingir 23 metros de altura (mais altos que a própria igreja), pesam toneladas, e são levados por cerca de 100 homens.
» Romaria de Nª Sª dos Aflitos
Pegarinhos - Alijó
Sendo Portugal um país que no Verão se veste de gala, na maior parte das suas mais recônditas aldeias, não será uma noticia muito invulgar, a divulgação de mais uma Romaria. Porém … quando a festa se reveste de pormenores invulgares ou inovadores, merece a pena a referência. Em Trás-os-Montes, pertencente ao distrito de Vila Real e concelho de Alijó ( terras de bom azeite, bom vinho, boa amêndoa…) existe uma pequena aldeia que mantém viva a tradição que perdura há 178 anos.
» Festa dos Caretos
Podence - Macedo de Cavaleiros
O Domingo de Carnaval é dia de feira em Podence, uma aldeia próxima de Macedo de Cavaleiros. Mas é também nesse dia que logo pela manhã se inicia um dos rituais transmontanos mais interessantes e enigmáticos a assinalar o fim do ciclo de Inverno. É uma espécie de retoma da Festa dos Rapazes, que tem lugar por alturas do Natal, mas desta vez ligada aos rituais carnavalescos que assinalam o início dos constrangimentos da Quaresma e marcam o renascimento que a aproximação da Primavera representa para quem tira da terra o seu sustento.
» Romaria de Nossa Senhora dos Remédios
Lamego
Tal como a silhueta do santuário, com a sua monumental escadaria, domina a cidade de Lamego, também a romaria de Nossa Senhora dos Remédios (6, 7 e 8 de Setembro) tem um peso preponderante relativamente a outras festividades religiosas vizinhas, atraindo romeiros do vale do Douro, da Beira e até de regiões do Minho.
 
Minho
» Romaria e Peregrinação à Senhora do Faro
Valença
No dia 15 de Agosto de cada ano, Valença celebra a Assunção de Nossa Senhora, uma das mais emblemáticas festividades religiosas do Alto Minho, com a tradicional Romaria e Peregrinação à Senhora do Faro: a pé desde a cidade ao alto do Faro, numa extensão de 7,5 Km.Centenas ou mesmo milhares de peregrinos participam, anualmente, nesta secular caminhada que tem o seu início na Igreja da Colegiada de Santo Estêvão, às 8h00 e termina na Capela do Faro, no topo do monte, por volta das 11h00.
» Romaria da Senhora da Agonia  -  Vídeo da Romaria em 2010
Viana do Castelo
O Alto Minho tem grandes romarias: São Bento da Porta Aberta no Gerês, Senhora da Peneda ou São João d’Arga nas serras homónimas. Contudo, uma delas, a Senhora da Agonia, em Viana do Castelo, tende a ganhar predominância, não tanto a nível da quantidade de visitantes nem do brilho dos festejos mas no plano do essencialmente simbólico, assumindo-se como a romaria das romarias. De resto, já o conde de Aurora se lhe referia em 1929, como «a Festa Nacional do Minho».
» Romaria de S. João d'Arga
Caminha
A Serra d'Arga, em Caminha, recebe (…) milhares de romeiros, que, por tradição, vão pedir a S. João cura para quistos, verrugas, doenças de pele e infertilidade ou mesmo uma "ajudinha" para arranjarem casamento. É a Romaria de S. João d'Arga, uma das mais típicas do calendário festivo do Alto Minho, sempre responsável por uma "invasão" de gente, muita da qual, no entanto, vai, apenas e só, à procura do som característico dos tocadores de concertina e tocadores ao desafio, que se fazem ouvir, em animadas rusgas, até às tantas da madrugada.
» Romaria de S. Bartolomeu do Mar
S. Bartolomeu do Mar - Esposende
Todos os anos, no dia 24 de Agosto, realiza-se a Romaria de São Bartolomeu do Mar, padroeiro da freguesia com o mesmo nome, pertencente ao concelho de Esposende. Manda a tradição, que remonta ao século XVI (1566), que as crianças e respectivos pais transportem uma galinha ou frango (pinto ou “pito”, como por lá se diz) preto(a) durante três voltas à Igreja, que passem outras tantas vezes debaixo do andor e que, depois, vão à praia “furar” ondas em número ímpar: três, cinco, sete ou nove, o chamado “banho santo”.
» Festa da Coca
Monção
Entusiasmada com os avanços da Coca, a multidão acicata São Jorge para que invista sobre o mostro. A luta começa logo após a procissão do Corpo de Deus, na Praça de Deuladeu, em Monção. A assistência forma um círculo em torno do dragão e do cavaleiro. Este representa São Jorge. Designado por Coca, o «animal» é constituído por uma armação em madeira que homens movimentam a partir do interior. A batalha termina sempre com a vitória do santo que, num último assalto, corta uma das orelhas á Coca. Desconhece-se o que fez surgir esta tradição de que há memória desde o século XVI, e que não se repete em mais nenhuma localidade do país.
» Festas da Semana Santa
Braga
Durante a Semana Santa, Braga acolhe milhares de peregrinos oriundos de todo o país e da Galiza. É um ritual dominado pelo conjunto de procissões nocturnas envoltas numa forte intensidade dramática. É assim logo na Quinta-Feira Santa com a Procissão das Endoenças, ou, segundo a designação popular, do Senhor da Cana Verde. Em Braga, a procissão é também apelidada de «Senhor Ecce Homo». Ainda hoje é considerada a Festa da Irmandade da Misericórdia, à qual são obrigados a assistir todos os irmãos. Na procissão vai a imagem de Cristo coroada de espinhos, mas a segurar um ceptro, figurado numa cana verde.
 
» Antigamente era assim... imagens de Festas, Feiras e Romarias de tempos idos>>>
 

Página seguinte>>>

  Gosta da página? Partilhe!

Pode conhecer outras Festas >>>


Pub

     

        

Se não encontrou nesta página o que procurava, pesquise em todo o Portal do Folclore Português
 



Acompanhe, em primeira mão as actualizações do Portal do Folclore Português:

FOLCLORE DE PORTUGAL - O Portal do Folclore e da Cultura Popular Portuguesa não se responsabiliza pelo conteúdo dos sítios registados
© Copyrigth 2000/2014  - Todos os direitos de cópia reservados - Webmaster