[ INÍCIO ]   [ Sobre o Portal ]  [ FAQs ]  [ Registar site ou blog ]  [ Enviar informações ]  [ Loja ]   [ Contactos ]

 
"Temos obrigação de salvar tudo aquilo que ainda é susceptível de ser salvo, para que os nossos netos, embora vivendo num Portugal diferente do nosso, se conservem tão Portugueses como nós e capazes de manter as suas raízes culturais mergulhadas na herança social que o passado nos legou."  (Jorge Dias)
 
 
 
Arquitectura e construções
Artesanato
Cancioneiros Populares
Danças Populares
Festas e Romarias
Grupos de Folclore
Gastronomia e Vinhos
Instrumentos musicais
Jogos Populares
Lendas
Literatura Popular
Medicina Popular
Museus Etnográficos
Música Popular
Provérbios
Religiosidade Popular
Romanceiros
Sabedoria Popular
Superstições e crendices
Trajos
Usos e Costumes
 
Agenda de iniciativas
Bibliografia temática
Ciclos
Feiras
Festivais de Folclore
Glossário
Informações Técnicas
Loja
Permutas
Pessoas
Textos e Opiniões
Turismo
 
SUGESTÕES
Calendário agrícola
Confrarias
Datas comemorativas
Feriados Municipais
História do Calendário
Meses do ano
Províncias de Portugal
 
 

Pub  
   
»» Religiosidade Popular Pub
Pub    

 
 

 

"Do conjunto das dioceses portuguesas podem colher-se múltiplos exemplos da permanência de festas, romarias e outras formas de religiosidade popular (...) seja no Norte, seja no Sul do país. (...) «As [festas e romarias] mais conhecidas e com maior devoção popular têm, como centro congregador e dinamizador, a devoção aos santos padroeiros, a Nossa Senhora, ao Senhor do Passos ou outro motivo da Paixão e às Almas do Purgatório. Em algumas terras, também as colheitas e a pesca constituem motivo de festa, de encontro e de convívio.»

No Alentejo, encontram-se também muitas manifestações de religiosidade que remontam aos séculos anteriores, visíveis quer nas procissões (dos Passos, dos Ramos, do Enterro, do Corpo de Deus e de Nossa Senhora, por exemplo) quer nas peregrinações aos santuários, expressando-se a religiosidade popular ainda na «acendrada devoção aos defuntos; nas celebrações festivas de Nossa Senhora e dos santos padroeiros, na vivência dos tempos litúrgicos, nomeadamente do Natal e da Quaresma; na filiação em irmandades de natureza espiritual e assistencial, na oferta de ex-votos, velas e promessas.» Afinal, formas e permanências que não são exclusivas de uma região, como se depreende dos estudos disponíveis."
In História Religiosa de Portugal - vol. 3 - Círculo de Leitores

 
Textos

» Religiosidade, crenças e superstições
“Cores, sabores e tradições – Passeios no Vale do Lima”

» Religião Popular e Religião Cívica
Carlos Gomes
» Santos de Junho
Octávio Carmo
» Santo António na Religiosidade Popular
Frei Acácio José Afonso Sanches
» As festas humanizam a sociedade
D.Manuel Pelino, Bispo de Santarém
» Festas Religiosas Populares (1)
D. Joaquim Gonçalves, Bispo de Vila Real
» Festas Religiosas Populares (2)
Pedro Miguel Conceição
» Santidade e popularidade
José Jacinto Ferreira de Farias, scj
» Dos Santos aos Fiéis Defuntos
Luís Filipe Santos
» Festejos de São Bartolomeu: a religiosidade e a tradição popular
Lígia Silveira
» Piedade Popular
Rui Osório
 
» Orações
Orações para os diversos momentos do dia, para diversas situações da vida quotidiana, orações a Deus, a Nossa Senhora, aos santos, etc.
 
» Santos
Brevíssima biografia de alguns dos Santos mais relacionados com a religiosidade do povo português.
 

Pub

     

        

Se não encontrou nesta página o que procurava, pesquise em todo o Portal do Folclore Português
 



Acompanhe, em primeira mão as actualizações do Portal do Folclore Português:

FOLCLORE DE PORTUGAL - O Portal do Folclore e da Cultura Popular Portuguesa não se responsabiliza pelo conteúdo dos sítios registados
© Copyrigth 2000/2014  - Todos os direitos de cópia reservados - Webmaster