[ INÍCIO ]   [ Sobre o Portal ]  [ FAQs ]  [ Registar site ou blog ]  [ Enviar informações ]  [ Loja ]   [ Contactos ]
 
 

"Temos obrigação de salvar tudo aquilo que ainda é susceptível de ser salvo, para que os nossos netos, embora vivendo num Portugal diferente do nosso, se conservem tão Portugueses como nós e capazes de manter as suas raízes culturais mergulhadas na herança social que o passado nos legou."  (Jorge Dias)

 

 
Pub
 
Arquitectura e construções
Artesanato
Cancioneiros Populares
Danças Populares
Festas e Romarias
Grupos de Folclore
Gastronomia e Vinhos
Instrumentos musicais
Jogos Populares
Lendas
Literatura Popular
Medicina Popular
Museus Etnográficos
Música Popular
Provérbios
Religiosidade Popular
Romanceiros
Sabedoria Popular
Superstições e crendices
Trajos
Usos e Costumes
 
Agenda de iniciativas
Bibliografia temática
Ciclos
Feiras
Festivais de Folclore
Glossário
Informações Técnicas
Loja
Permutas
Pessoas
Textos e Opiniões
Turismo
 
SUGESTÕES
Calendário agrícola
Confrarias
Datas comemorativas
Feriados Municipais
História do Calendário
Meses do ano
Províncias de Portugal
 
 

Pub  
   
»» Provérbios >> Pub

Às mulheres
 


»
Menina feia: mulher bonita.
» Mulher e franga, que caiba na manga.
» A mulher e a sardinha quer-se da mais pequenina.
» Sardinha e mulher: a maior que houver.
» A mulher e a pescada quer-se da mais alentada.
» À mulher brava, soga larga.
» À mulher parida e teia urdida, nunca faltou guarida.
» Mulher parida quer galinha.
» Mulher parida: nem farta nem limpa.
» É bem casada a que não tem sogra nem cunhada.
» Sogras são sogas. Cunhadas são cunhas.
» Mulher, como o vento e ventura, depressa muda.
» Mulher assobiadeira ou é bruxa ou feiticeira.
» Mulher sem vergonha é pior que peçonha.
» Mulher que a dois ama a dois engana.
» Mulher que bem se arreia nunca é feia.
» Não é brava a mulher que cabe em casa.
» Livra-te da mula que faz him e da mulher que sabe latim.
» Do mar, se tira o sal; e da mulher, o mal.
» Com afagos, a mula e a mulher fazem o que o homem quer.
» Digna é de fama a mulher que não tem fama.
» Mulheres, onde estão, sobejam; onde não estão, faltam.
» Antes mulher de ninguém que amante de alguém.
» Formosura de mulher não faz o homem rico.
» À mulher casta Deus lhe basta.
» O melão e a mulher estão mais no acertar do que no escolher.
» O mal da mulher entra-lhe pelos ouvidos.
» Mulher honrada não tem ouvidos nem olhos.
» É boa e honrada e viúva sepultada.
» Da má mulher te guarda e da boa não te fies nada.
» Da galinha, a preta; da pata, a parda; e da mulher, a sarda.


 
Pub  

 

 

Pub

  300 x 250 Shopping      

        

Se não encontrou nesta página o que procurava, pesquise em todo o Portal do Folclore Português
 



Acompanhe, em primeira mão as actualizações do Portal do Folclore Português:

FOLCLORE DE PORTUGAL - O Portal do Folclore e da Cultura Popular Portuguesa não se responsabiliza pelo conteúdo dos sítios registados
© Copyrigth 2000/2013  - Todos os direitos de cópia reservados - Webmaster