[ INÍCIO ]   [ Sobre o Portal ]  [ FAQs ]  [ Registar site ou blog ]  [ Enviar informações ]  [ Loja ]   [ Contactos ]
 
 

"Temos obrigação de salvar tudo aquilo que ainda é susceptível de ser salvo, para que os nossos netos, embora vivendo num Portugal diferente do nosso, se conservem tão Portugueses como nós e capazes de manter as suas raízes culturais mergulhadas na herança social que o passado nos legou."  (Jorge Dias)

 

 
Pub
 
Arquitectura e construções
Artesanato
Cancioneiros Populares
Danças Populares
Festas e Romarias
Grupos de Folclore
Gastronomia e Vinhos
Instrumentos musicais
Jogos Populares
Lendas
Literatura Popular
Medicina Popular
Museus Etnográficos
Música Popular
Provérbios
Religiosidade Popular
Romanceiros
Sabedoria Popular
Superstições e crendices
Trajos
Usos e Costumes
 
Agenda de iniciativas
Bibliografia temática
Ciclos
Feiras
Festivais de Folclore
Glossário
Informações Técnicas
Loja
Permutas
Pessoas
Textos e Opiniões
Turismo
 
SUGESTÕES
Calendário agrícola
Confrarias
Datas comemorativas
Feriados Municipais
História do Calendário
Meses do ano
Províncias de Portugal
 
 

Pub
 
»» História do Calendário Pub
Pub    

 

 

 

 

O CALENDÁRIO (*)

Calendário é o sistema de medição do tempo que se necessita para a vida civil, dividindo o tempo em dias, semanas, meses e anos. As divisões do calendário estão baseadas nos movimentos aparentes do Sol e da Lua.

Um dia é a média de tempo necessária para uma rotação da terra no seu eixo.

O ano está baseado no tempo necessário para uma rotação da terra à volta do Sol, e é chamado o ano solar.

Um ano solar ou trópico tem 365 dias, 5 horas, 48 minutos e 45,5 segundos.

O mês era calculado pelos povos antigos como o tempo entre duas luas cheias, ou o número de dias necessários para que lua desse uma volta ao redor da terra. (29,5 dias). Esta medida chamada de mês lunar, resultava num ano lunar (de 12 meses) de 354 dias, 11 ¼ dias mais curta que o ano solar.

A semana deriva da tradição judia-cristã, de descansar ao sétimo dia. Os romanos davam aos dias da semana, nomes em honra do Sol, da Lua e de vários planetas

Calendários antigos

Os antigos babilónios tinham um calendário lunar de 12 meses lunares de 30 dias cada, e adicionavam meses extras quando necessitavam acertar o calendário com as estações do ano.

Os antigos egípcios foram os primeiros a substituir o calendário lunar pelo solar, baseado no ano solar. Mediam o ano solar em 365 dias, divididos em 12 meses de 30 dias cada, com 5 dias extras no fim. Cerca de 238 AC, o rei Ptolomeu III ordenou que um dia extra fosse adicionado de cada 4 em 4 anos, similar ao moderno ano bissexto.

Na antiga Grécia utilizou-se um calendário de ano lunar de 354 dias. Os gregos foram os primeiros a intercalar meses extras com base científica, adicionando meses em intervalos específicos do ciclo dos anos solares.


O primeiro Calendário Romano

O Calendário Egípcio

O Calendário Gregoriano

O Calendário Babilónico

 O Calendário Juliano

O Calendário na Península Ibérica

O Calendário Chinês

O Calendário Azteca

 

O Calendário Muçulmano

O Calendário Judaico

O Calendário Inca

Poderá também gostar de ler sobre...

»» Glossário do calendário
Dia | Semana | Estações do ano | Equinócio | Solstício | Era cristã

»» Calendário Agrícola
Na horta... | No pomar... | No campo... | No jardim... | Na vinha... | Na adega... | Com os animais... | Janeiro | Fevereiro | Março | Abril | Maio | Junho | Julho | Agosto | Setembro | Outubro | Novembro | Dezembro

 
  Gosta da página? Partilhe!

Pub

  300 x 250 Shopping      

        

Se não encontrou nesta página o que procurava, pesquise em todo o Portal do Folclore Português
 



Acompanhe, em primeira mão as actualizações do Portal do Folclore Português:

FOLCLORE DE PORTUGAL - O Portal do Folclore e da Cultura Popular Portuguesa não se responsabiliza pelo conteúdo dos sítios registados
© Copyrigth 2000/2013  - Todos os direitos de cópia reservados - Webmaster