[ INÍCIO ]   [ Sobre o Portal ]  [ FAQs ]  [ Registar site ou blog ]  [ Enviar informações ]  [ Loja ]   [ Contactos ]

 
"Temos obrigação de salvar tudo aquilo que ainda é susceptível de ser salvo, para que os nossos netos, embora vivendo num Portugal diferente do nosso, se conservem tão Portugueses como nós e capazes de manter as suas raízes culturais mergulhadas na herança social que o passado nos legou."  (Jorge Dias)
 
 
 
Arquitectura e construções
Artesanato
Cancioneiros Populares
Danças Populares
Festas e Romarias
Grupos de Folclore
Gastronomia e Vinhos
Instrumentos musicais
Jogos Populares
Lendas
Literatura Popular
Medicina Popular
Museus Etnográficos
Música Popular
Provérbios
Religiosidade Popular
Romanceiros
Sabedoria Popular
Superstições e crendices
Trajos
Usos e Costumes
 
Agenda de iniciativas
Bibliografia temática
Ciclos
Feiras
Festivais de Folclore
Glossário
Informações Técnicas
Loja
Permutas
Pessoas
Textos e Opiniões
Turismo
 
SUGESTÕES
Calendário agrícola
Confrarias
Datas comemorativas
Feriados Municipais
História do Calendário
Meses do ano
Províncias de Portugal
 
 

Pub  
   
»» Festas e Romarias Pub
Pub    
 

Romaria de S. Bartolomeu do Mar
S. Bartolomeu do Mar - Esposende

 

Todos os anos, no dia 24 de Agosto, realiza-se a Romaria de São Bartolomeu do Mar, padroeiro da freguesia com o mesmo nome, pertencente ao concelho de Esposende.

Manda a tradição, que remonta ao século XVI (1566), que as crianças e respectivos pais transportem uma galinha ou frango (pinto ou “pito”, como por lá se diz) preto(a) durante três voltas à Igreja, que passem outras tantas vezes debaixo do andor e que, depois, vão à praia “furar” ondas em número ímpar: três, cinco, sete ou nove, o chamado “banho santo”.

Assim se esconjuram os medos das crianças e se curam maleitas como a gaguez, a epilepsia ou a gota. No entanto, e segundo dizem, “têm que ir ao banho antes de completar os sete anos de idade para que a tradição seja cumprida”.

A Missa mais solene é celebrada às 11h00. De tarde, faz-se o chamado agradecimento ao Santo, através de uma procissão tida como «uma das mais imponentes» do Norte de Portugal. Apesar de o percurso ser curto " menos de dois quilómetros da igreja à praia e regresso" demora sempre duas a três horas, incorporando centenas de figurantes, que reconstituem episódios bíblicos, e andores de grande porte.


Foto de Armindo Costa de 1972 retirada daqui>>>
 

Voltar para Menu das Festas e Romarias>>>>>

Também poderá gostar de ler...
» Festas do Divino Espírito Santo
Açores
» Festa dos Tabuleiros
Tomar
» Romaria de São Mamede
Janas - Sintra
» Festa das Flores (dos Artistas ou do Povo)
Campo Maior
» Romaria de Nossa Senhora dos Remédios
Lamego
  Gosta da página? Partilhe!

Pub

     

        

Se não encontrou nesta página o que procurava, pesquise em todo o Portal do Folclore Português
 



Acompanhe, em primeira mão as actualizações do Portal do Folclore Português:

FOLCLORE DE PORTUGAL - O Portal do Folclore e da Cultura Popular Portuguesa não se responsabiliza pelo conteúdo dos sítios registados
© Copyrigth 2000/2014  - Todos os direitos de cópia reservados - Webmaster