[ INÍCIO ]   [ Sobre o Portal ]  [ FAQs ]  [ Registar site ou blog ]  [ Enviar informações ]  [ Loja ]   [ Contactos ]

 
"Temos obrigação de salvar tudo aquilo que ainda é susceptível de ser salvo, para que os nossos netos, embora vivendo num Portugal diferente do nosso, se conservem tão Portugueses como nós e capazes de manter as suas raízes culturais mergulhadas na herança social que o passado nos legou."  (Jorge Dias)
 
 
 
Arquitectura e construções
Artesanato
Cancioneiros Populares
Danças Populares
Festas e Romarias
Grupos de Folclore
Gastronomia e Vinhos
Instrumentos musicais
Jogos Populares
Lendas
Literatura Popular
Medicina Popular
Museus Etnográficos
Música Popular
Provérbios
Religiosidade Popular
Romanceiros
Sabedoria Popular
Superstições e crendices
Trajos
Usos e Costumes
 
Agenda de iniciativas
Bibliografia temática
Ciclos
Feiras
Festivais de Folclore
Glossário
Informações Técnicas
Loja
Permutas
Pessoas
Textos e Opiniões
Turismo
 
SUGESTÕES
Calendário agrícola
Confrarias
Datas comemorativas
Feriados Municipais
História do Calendário
Meses do ano
Províncias de Portugal
 
 

Pub
 
»» Feiras >> Feira das Cantarinhas - Bragança Pub
Pub    

 

 

 

 

 

 

 

Feira das Cantarinhas - Bragança


A Feira das Cantarinhas é uma das tradições mais emblemáticas que continua a realiza-se, anualmente, na cidade de Bragança, nos primeiros dias de Maio.

Se recuarmos no tempo, as origens desta tradição encontram-se na época medieval e quase só são conhecidas na tradição oral, devido à escassez de documentos escritos que relatem este acontecimento. No entanto, sabemos que as primeiras cartas de feira foram concedidas entre os séculos XIII e XV pelos monarcas com o objectivo de atrair gentes para a região transmontana.

Feira das Cantarinhas - BragançaA Feira das Cantarinhas estará, porventura, ligada ao ciclo das colheitas, quando os trabalhadores iam para os campos e a cantarinha (originária da aldeia de Pinela) serviria para levar a água para matar a sede. O significado da feira está também relacionado com “rituais de sedução” próprios da Primavera, em que, segundo a tradição, quem queria namorar teria de procurar a cantarinha mais bonita da feira para oferecer à alma gémea.

Assim, as típicas cântaras de barro de Pinela passaram a simbolizar a feira do 3 de Maio, que posteriormente se passou a designar de Feira das Cantarinhas.

Actualmente, os produtos que podemos encontrar são muito diversificados e primam pelo facto de serem essencialmente produtos regionais, em que temos desde o artesanato, produtos agrícolas, gastronomia, mel, entre outros, que advêm não só das aldeias do concelho de Bragança. Como também de outros concelhos do distrito e do país.

A Feira das Cantarinhas conta com um número de feirantes que quase atinge os 600. Vindos dos mais diversos pontos do país, e comercializando os mais variados produtos.

Fazer da Feira do Artesanato de Bragança um ponto de venda, de demonstração de artes e de negociação são alguns dos objectivos, quer da organização do evento, quer dos artesãos que, durante cinco dias, expõem os seus artigos na capital do distrito.

Também a Feira do Artesanato conta já com um número de participantes (artesãos/expositores) que ultrapassa as oito dezenas (alguns da vizinha Espanha). A maior parte dos artesãos são da região, mas muitos vêm de vários pontos do país, trazendo a esta Feira uma variedade enorme de produtos.

Fonte: CM de Bragança

Voltar ao menu das Feiras

  Gosta da página? Partilhe!


Pub

     

        

Se não encontrou nesta página o que procurava, pesquise em todo o Portal do Folclore Português
 



Acompanhe, em primeira mão as actualizações do Portal do Folclore Português:

FOLCLORE DE PORTUGAL - O Portal do Folclore e da Cultura Popular Portuguesa não se responsabiliza pelo conteúdo dos sítios registados
© Copyrigth 2000/2014  - Todos os direitos de cópia reservados - Webmaster