[ INÍCIO ]   [ Sobre o Portal ]  [ FAQs ]  [ Registar site ou blog ]  [ Enviar informações ]  [ Loja ]   [ Contactos ]

 
"Temos obrigação de salvar tudo aquilo que ainda é susceptível de ser salvo, para que os nossos netos, embora vivendo num Portugal diferente do nosso, se conservem tão Portugueses como nós e capazes de manter as suas raízes culturais mergulhadas na herança social que o passado nos legou."  (Jorge Dias)
 
 
Pub
 
Arquitectura e construções
Artesanato
Cancioneiros Populares
Danças Populares
Festas e Romarias
Grupos de Folclore
Gastronomia e Vinhos
Instrumentos musicais
Jogos Populares
Lendas
Literatura Popular
Medicina Popular
Museus Etnográficos
Música Popular
Provérbios
Religiosidade Popular
Romanceiros
Sabedoria Popular
Superstições e crendices
Trajos
Usos e Costumes
 
Agenda de iniciativas
Bibliografia temática
Ciclos
Feiras
Festivais de Folclore
Glossário
Informações Técnicas
Loja
Permutas
Pessoas
Textos e Opiniões
Turismo
 
SUGESTÕES
Calendário agrícola
Confrarias
Datas comemorativas
Feriados Municipais
História do Calendário
Meses do ano
Províncias de Portugal
 
 

Pub  
   
»» Calendário Agrícola >>  No jardim... Pub

Pub

Calendário Agrícola  

 

 

Janeiro
Nos terrenos enxutos, já se pode semear sécias, zínias, papoulas, goivos, girassóis, miosótis e todas as plantas anuais ou de estação. Planta-se quase tudo neste mês. Quem ainda não podou as roseiras não deve deixar de o fazer agora, convindo também adubar bem os jardins, sem o que não pode obter-se flores.

Fevereiro
Execução de caldeiras em volta das árvores e arbustos, onde se lança estrume que não deve ficar em contacto com as plantas (este estrume é coberto com terra na Primavera).

Semear: todas as flores anuais, cíclames, chagas, cólios, cosmos, ervilhas-de-cheiro, espargos, gipsófilas, mangericos, sécias, etc.

Março
Semear: papagaios, sécias, cravos, ervilhas-de-cheiro, dálias, perpétuas, goivos, etc...

Abril
Concluir a poda das roseiras. Semear relva; aparar as sebes e a relva que esteja em pleno desenvolvimento. Plantar andorinhas, begónias, dálias, gladíolos, jarros amarelos, etc., mantendo-se o terreno mais ou menos humedecido, mas sem excesso. Melhorar os solos compactos incorporando-lhes terriços e restos de folhas. Sachar e adubar os talhões das roseiras que se mostrem enfraquecidos.

Maio
Enxofram-se as roseiras, por causa do oídio, e mondam-se os botões para obter flores mais perfeitas. Combate-se o piolho das roseiras e doutras plantas de jardins, com insecticidas de contacto. Neste mês expõe-se ao ar livre as plantas guardadas em estufas e abrigos e semeia-se os cravos que hão-de ser transplantados em Setembro. Semeia-se ainda algumas plantas de jardins, como cinerárias, gotas de sangue, amarantos, begónias, canas floríferas, chagas, sóleos, couves frisadas, cravos, goivos, glicínias, gerânios, heliantos, malvaíscos e as demais semeadas nos meses anteriores.

Junho
Podar os arbustos de floração primaveril. Cortar os caules às plantas que já floriram. Regar, mondar e sachar intensamente.

Julho
Às roseiras cortam-se as rosas murchas, que desfeiam e enfraquecem as plantas.
Aparar, sachar e mondar as relvas, as quais precisam de ser regadas abundantemente (2 ou 3 vezes por dia).
Semear: amores-perfeitos, calêndulas, cinerárias, etc., bem como as plantas bienais e vivazes de demorada germinação, para serem transplantadas e dispostas no Outono.

Agosto
Durante o mês corrente não pode haver faltas de atenção com a rega, evitando-se que as plantas sofram com a sede. No entanto, o excesso de água é altamente prejudicial.
Mudar as cinerárias e amores-perfeitos e regar as roseiras para darem melhores flores no Outono.


Meses seguintes>>>
 

  Gosta da página? Partilhe!

Voltar ao menu


Pub

  300 x 250 Shopping      

        

Se não encontrou nesta página o que procurava, pesquise em todo o Portal do Folclore Português
 



Acompanhe, em primeira mão as actualizações do Portal do Folclore Português:

FOLCLORE DE PORTUGAL - O Portal do Folclore e da Cultura Popular Portuguesa não se responsabiliza pelo conteúdo dos sítios registados
© Copyrigth 2000/2013  - Todos os direitos de cópia reservados - Webmaster